31.7.18

ANIMAL PRINT


Continuo a sul do país, sei que tinha prometido desligar e acreditem que o tenho feito. Aproveitei o facto de estar um bocadinho sozinha, neste exacto momento, já esticada na minha cama, para partilhar o último look que consegui fotografar para o blog.

Hoje, depois de um mergulho na piscina, resolvi dar uma vista de olhos pelo instagram ... rapidamente me arrependi e senti de novo algo estranho em mim. Sinto, cada vez mais, que as redes sociais são apenas utilizadas para criticar alguma coisa ou alguém, qualquer coisa que aconteça, por mais insignificante que seja, é tema de posts e mais posts, bocas, indirectas ou directas, se assim o preferirem chamar. Há sempre um recado para alguém. Ou porque agora virou moda só se falar das bloggers, das digital influencers, das suas escolhas, de o facto de umas se destacarem mais que outras, ou porque só partilham looks, ou porque só fazem posts patrocinados, ou porque só compram na Zara, a sério, chegou a um ponto em que já não se aguenta tanta conversa. tanto "mais do mesmo". 
Somos todos diferentes, (se bem que alguns preferem imitar sempre o do lado), todos temos defeitos e qualidades, todos temos sonhos. Alguns de nós conseguimos chegar onde desejamos, principalmente sem passar por cima de ninguém, outros nem por isso. Chama-se a isto viver e viver é uma luta constante. Ou porque estamos infelizes porque não nos sentimos realizados ou porque há sempre algo que não gostamos em nós e que não conseguimos superar. Todos temos problemas. Todos temos direito a seremos felizes. Ponto final.
Deveria ser só assim, deveríamos todos preocuparmos-nos menos com o que os outros têm ou conseguiram e pensar mais em nós, nos nossos objectivos, metas, ou simplesmente sentirmos-nos gratos pelo que temos. Sim, porque às vezes o que temos é tão mais do que tanta gente consegue ter e nós acabamos por pouco ou nenhum valor dar a isso.

Sei que já não é a primeira vez que digo isto mas, a verdade é que, no momento em que a minha profissão é este blog, 24horas por dia, nunca dei por mim a gostar tão pouco desta era digital, desta luta constante pela aceitação, pelos likes, pelos números. Pelas pessoas que nos colocam de parte, pelos grupos nos quais não me sinto nem aceite nem encaixada.
Ás vezes queria desligar mesmo de vez, aceitar que não consegui chegar onde desejaria, perceber que se calhar me faltam uma série de atributos para ser capaz de fazer o que tanta gente faz e eu não faço. E isto mexe muito comigo, tem dias em que me deixa de rastos, no chão. Completamente. Mexe com a minha ansiedade de uma forma assustadora. Tira-me o sono e faz-me perceber que, actualmente e na maior parte dos meus dias, não me sinto feliz. Não me sinto preenchida. Tudo isto é pouco para mim, para o que sonhei. 
Mas sei igualmente que só eu posso fazer algo para que isto mude e, por isso mesmo, de pouco ou nada adiantam estes desabafos.

Passemos ao look, afinal isto também continua a ser um blog de moda, entre tantos outros nomes que lhe queiram dar.
Ainda eu não sonhava ter blog ou andar nesta vidinha e já existiam no meu armário algumas peças com este padrão. Sempre gostei e sempre achei que nunca iria deixar de passar de moda, da minha moda, daquilo que gosto de usar. 
Entre blusas, calções, sapatos, carteiras, calças e saias há sempre espaço para uma peça nova e foi isso mesmo que aconteceu quando dei de caras com esta saia plissada da nova coleção da Zara.
Amor à primeira vista. Este é uma das opções que escolhi para vos mostrar hoje mas, além de ter um padrão forte, é uma peça que se transforma com imensa facilidade, a verdade é que já voltei a usá-la num domingo, com uma T-shirt básica branca e all star, ou seja, super descontraída. 




















LOOK: Zara | Carteira: YSL

Quinta feira regresso à rotina em Lisboa, mesmo que seja por um só dia já que sexta tenho trabalho aqui no Algarve e aproveito para passar o fim de semana em boa companhia, a apanhar um sol, descansar e namorar que também é preciso!

Resto de uma semana muito feliz,

Com amor,
Mia








Um comentário:

  1. O mais importante é lutar diariamente para sermos a nossa melhor versão que o resto vem.
    Apesar deste padrão não ser, de todo, um favorito meu, o resultado ficou muito sóbrio!
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3