21.3.18

POR VEZES É PRECISO PARAR


Não vos escrevia aqui desde a semana passada. A semana passada foi de loucos, vários compromissos e muita coisa para gerir. Passei um fim‑de‑semana junto dos meus e tentei sentir-me o mais protegida possível até porque se avizinham dias complicados para mim. 
A semana começou com o dia do Pai e, pela primeira vez não tive o meu comigo, não o abracei, não lhe dei o beijo na testa que sempre dava ao chegar a casa, não o senti. Tentei preparar-me o melhor que consegui para esse dia, tentei evitar as redes sociais porque me custa muito assistir a uma serie de coisas. Resolvi ir treinar logo pela manhã para tentar focar-me em coisas boas e descarregar a tristeza mas a verdade é que depois, ao regressar a casa tudo voltou à minha cabeça, as memórias, a saudade, uma dor que me tira o ar.
Não consegui fazer mais nada que não chorar. Sei que preciso e que faz bem, que nos limpa a alma. Sei que, no meio desta vida louca que levo, tento esconder o que sinto e tento sempre parecer o mais forte possível mas, e tal como já tantas vezes vos confessei, sou humana, tenho sentimentos e continuo a sentir-me destroçada e perdida. Há vários anos que sofro de uma ansiedade que tem sido difícil de atenuar e, nestes últimos dias tenho mesmo sentido-me mal fisicamente. Tomei medicação para controlar esta ansiedade durante algum tempo mas acabei por abandonar e hoje percebo que talvez não o devesse ter feito.

Depois aconteceram também uma série de coisas completamente absurdas nas minhas redes sociais devido a um passatempo. Constatei que existem pessoas loucas e com vários problemas ou com tempo a mais e pouco que fazer e que se dedicam a falar mal de tudo e de todos. Tal como já vos disse, pelo facto de o blog ter feito 7 anos, eu queria muito poder brindar as minhas leitoras com alguns presentes de marcas nas quais confio e que gosto muito. Parece que no meio de tudo isto há quem não consiga ver isso e seja tão mal agradecida e que chegue até ao ponto de me fazer ameaças. As pessoas perderam a noção de tudo na vida. Acreditem que fiquei profundamente triste com estes comportamentos.
Mas, e relativamente a este assunto, já me desgastei demais e prometi que não podia continuar a alimentar isto. Por algumas vezes já me ocorreu desligar de tudo de uma vez por todas, há dias em que viver sempre online me deixa muito desgastada e que me consome de uma forma que não me permite ser feliz nem comigo nem com os meus.
O blog foi sempre algo que me fez feliz, foi criado com o propósito de, através quer de palavras ou imagens, ser capaz de inspirar outras pessoas. Sempre quis passar-vos energia positiva, coisas bonitas e até mesmo partilhar desabafos meus. Este blog é uma extensão de mim mesma, aqui não existem máscaras e aqui eu tento ser sempre eu mesma. 
Tudo isto para vos dizer que precisei de estar menos presente aqui nos últimos dias, não me sentia capaz, com força ou inspiração sequer para vos escrever nada mas sei que preciso de deixar um agradecimento muito mas muito especial a tantas mas tantas mensagens que recebi de pessoas que me acompanham todos os dias e que sei que gostam de mim. São vocês quem me dão força e que me fazem continuar aqui e caramba aquilo que mais gostava é que um dia nos pudéssemos encontrar todas e falarmos de coisas bonitas.












LOOK: Zara | Carteira: Bimba&Lola


Entrámos na primavera, espero que o sol nos possa trazer mais esperança em dias bons e mais tranquilidade. 
Farei de tudo para continuar por aqui e dar-vos o melhor que há em mim.

Com amor,
Mia 



6 comentários:

  1. Olá! Sou tua seguidora e leitora já há algum tempo, e sim, notei a ausência de posts...

    Já cheguei a convidar-te para visitares o meu blogue (penso que nunca o fizeste).

    A propósito do que escreveste, sobre ansiedade, tomo a liberdade de te convidar a uma visita novamente. Debruço-me sobre estes assuntos... Saúde, bem estar, estilo de vida orgânico. Tenho técnicas de controle da ansiedade/stress (principalmente no post com o título - Find INNER PEACE-)... Enfim, às vezes pode de facto ser útil! :) Quem sabe!?

    Espero que tudo melhore para ti! Venho a acompanhar-te, e sinto-te sempre bastante genuína no que escreves. Penso que és uma pessoa meiga e bondosa e que merece ter sucesso e ser feliz! O que as pessoas mal intencionadas querem é deixar te mal... Não permitas isso.

    Beijinho grande ❤

    ResponderExcluir
  2. Já sigo o teu blog há muitos anos (talvez desde o início mesmo) e só passei para te mandar um beijinho cheio de força. Sei o que é viver com essa maldita ansiedade e há alturas em que só apetece desistir de tudo, mas não podemos, temos de continuar, um dia de cada vez. Se é difícil? Muito mesmo, mas pronto aqui estamos para continuar a luta =)
    Mais uma vez um grande, grande beijinho.
    Continua o bom trabalho. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom quando percebemos que não estamos sozinha em certas lutas!!��

      Excluir
  3. Continue com a sua vida, não dê ouvidos a gente mal educada!

    ResponderExcluir
  4. Mia não deixes que uma situação menos boa, te deite abaixo, porque nós as que te queremos bem, somos muito mais do que as que não querem.
    Se um dia deixares as redes sociais, vou ter pena porque gosto de ler os teus post e o teu blog, mas também vou entender.
    Continuação de bom trabalho e que os teus sonhos se tornem realidade.
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3