7.12.17

DONE FOR TODAY


Escrevo-vos estas palavras em "tempo real". Cheguei a casa de rastos, num cansaço difícil de exprimir em palavras. Mas tinha de ligar o computador. Tinha de vos deixar umas palavras antes de seguirmos todos de fim de semana. Graças a Deus amanhã é feriado. Não há um despertador a tocar e a exigir que eu saia da cama cedo demais e a correr. Sem tempo para pensar ao certo no que vestir, sem tempo para me sentar na minha cozinha a tomar o meu pequeno-almoço recebendo aquela luz que me entra pela janela todos os dias. Serei só eu a sentir que vivemos todos depressa demais? Estou cansada, aliás, desculpem-me mas estou de rastos. Foi (mais) uma semana do caraças. Querer fazer tudo, chegar a todos e perceber que, mesmo a correr, o tempo não estica. Não há milagres. És só uma e não és, de todo, a super mulher (com muita pena minha). Não foi uma semana má e não quero que pensem isso. Teve os seus momentos mas foi uma semana de muito trabalho. Queria ter conseguido escrever-vos aqui todos os dias. Não consegui. Cheguei sempre a casa tarde e a más horas. Sem conseguir ter tempo de qualidade para os meus, sem conseguir dar um jeito à minha casa, sem conseguir dar resposta a todos os emails. E sei que muito do meu fim de semana terá de ser passado à volta do trabalho. Este trabalho que não tem horário marcado, que tanta gente acha que é só festas mas que me sai tanto do pêlo. Tenho muitos looks para vos mostrar, muito que fotografar, muito para escrever. E, no meio de tudo isto, tenho uma família para mimar, para abraçar, com quem preciso estar de corpo e alma. Porque são nesses momentos que sinto que recarrego baterias, que sou feliz sem precisar de mais nada. 

Hoje é dia sete. Fiz a A5, logo pela manhã a chorar. A minha cabeça encheu-se de memórias do meu Pai. Sinto que passo os meus dias a fintar a saudade. Porque me dói, dói muito e impede que eu trabalhe do jeito que preciso. Porque faz com que eu não consiga sair de casa, não consiga enfrentar as pessoas, não consiga sorrir. E eu quero muito continuar a sorrir à vida.
Hoje só queria ter chegado a casa com a certeza de que o meu Pai estaria aqui, á minha espera e que me chamasse de Maria André. 

















LOOK:
Vestido: aqui | Blaser: Zara | Estola rosa: Zara
Botas: A Distinta | Carteira: YSL

Tenham um excelente fim de semana e sejam felizes junto dos que amam.

Com amor,
Mia 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3