14.11.17

GOSTAR (MAIS) DE MIM


Ao longo deste ano tenho-vos confessado, por várias vezes, que a relação que tenho comigo mesma, principalmente com o meu corpo, não tem sido a mais fácil de todas. A verdade é que o ano está a terminar e eu continuo longe de me sentir como gostaria. Se me podia aplicar mais, sem dúvida que sim, mas já percebi que enquanto esta minha cabeça não estiver um pouco mais calma e em paz, adiantará pouco continuar a penalizar-me por aquilo que não faço. Ás vezes, só o simples facto de conseguir sair da cama e enfrentar o mundo lá fora já é coisa para me fazer sentir feliz comigo mesma. Um dia de cada vez. Por isso, o regressar ao ginásio tem de acontecer, o fechar mais a boca e tentar comer de forma mais saudável também. A teoria eu sei de cor e salteado mas a força de vontade infelizmente não herdei a da minha Mãe e o ritmo acaba por ser mais lento do que eu gostaria. Ficar agarrada a fotos do passado a desejar voltar a ser aquela pessoa não é solução para nada.

No entanto, continuo a cuidar de mim, e neste post queria falar-vos de dois tratamentos que tenho estado a fazer, que recomendo e que são perfeitos para serem iniciados nesta altura do ano.
Se há coisa que gosto é de usar saias, vestidos, calções, tudo o que implique perna à mostra (já no último post vos dizia isto) e não há nada melhor do que não ter de estar preocupada se tenho ou não a depilação feita. No que toca a este tema acreditem que já sofri horrores durante anos, sou muito morena e sempre tive pêlos desde muito cedo. Na altura do Verão, para poder usar vestidos e ir à praia nos fim‑de‑semana, todas as semanas lá estava eu na depilação, para tirar tudo a cera. Uma semana depois e acreditem que os malditos pêlos já tinham crescido!
Por isso, um dia, cansei-me desta dependência e de gastar dinheiro todas as semanas e segui o conselho da minha melhor amiga e investi num tratamento a laser que juro que veio mudar a minha vida!
Neste post já vos tinha contado tudo, tenho estado a fazer Laser Díodo H8, o indicado para a remoção efectiva e permanente do pêlo em diferentes fotótipos de pele, que permite uma maior penetração da luz monocromática direta, tornando o tratamento mais seguro e evitando manchas na epiderme. Neste momento, já quase não tenho pêlos. Passam-se meses a olhar para estas pernas e não encontro nada! Farei uma sessão na próxima semana pois há quase dois meses que não faço e quero aproveitar que já não há exposição solar para fazer uma manutenção sem riscos. É importante que sigam todos os conselhos que vos são dados aquando deste tratamento para que tudo corra bem. Estou mesmo muito satisfeita com a DepilConcept já recomendei a amigas minhas e por isso mesmo queria deixar este feedback aqui, uma vez mais.


Outro tratamento que continuo a fazer, que me tem trazido alguma confiança nesta relação com o meu corpo e que recomendo é o VenusLegacy, que estou a fazer na iCare. Ter feito um teste de intolerâncias alimentares foi super importante para perceber o que me andava a fazer mal, no que toca a alimentação. Esta coisa de comer e ficar com o estômago inchado e com mau estar é péssimo e só quem passa sabe bem o quanto custa no dia a dia. 
Este tratamento é direccionado para tratar a celulite, a gordura localizada e a flacidez da pele. 
Sinto-me com muito menos volume, a zona onde tenho andado a insistir tem sido na barriga e nos flancos (os meus "pneus laterais parvos", como gosto de os apelidar), nesta última zona tem sido mais difícil mas não vou desistir e sei que, mesmo que num ritmo mais lento, vou lá chegar. 
Julgo que é importante cuidar de nós durante todo o ano e não só quando estamos prestes a chegar ao Verão. Todos nós sabemos que se nos cuidarmos durante todo o ano acaba por ser mais fácil, eu sei que falar toda a gente fala e que praticar é mais complicado. Sou a primeira  a assumir que me desleixo muitas vezes e que gosto de mim menos do que devia.

As idas ao Holmes Place terão de passar a ser uma rotina, confesso-vos que tenho andado a pensar de forma séria em recorrer à ajuda de um PT. Acredito que se tiver alguém ali comigo, a meu lado, a puxar à seria por mim e a não permitir que invente desculpas da treta para me escapar aos treinos será mais fácil. 

Gostar de nós, 365 dias ao ano nem sempre é fácil, Cuidar também não. A motivação às vezes abandona-nos e torna tudo mais complicado mas desistir não pode ser opção.
Continuarei por aqui a partilhar-vos este meu percurso, quero muito ser uma pessoa melhor, com escolhas de vida melhores e que gosta de se olhar ao espelho e da imagem que vê refletida.

Obrigada por estarem por aqui.

Com amor,
Mia 








Um comentário:

  1. Testemunho muito genuíno e sentido, aliás como sempre.

    Parabéns!


    Convido-a a dar uma vista de olhos pelo meu recente blog, visto que aborda estas temáticas...


    anaritaferreira83.blogspot.pt


    Com carinho,


    Ana Rita

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3