21.12.16

Às 9 no meu livro

Há pessoas a quem apetece agradecer a coragem que têm. Dizer-lhes “obrigada por seres tão corajosa com a tua vida. E obrigada por me teres inspirado a ser tão mais corajosa com a minha vida”.

As palavras são da minha querida minha querida Sofia. E é tão mas tão isto que eu sinto por ela, que é das pessoas com o coração mais generoso que conhecia até hoje.

Há um ritual nos meus dias que se mantém desde há muito, ao tomar o meu pequeno-almoço, a primeira leitura do meu dia é sempre a do seu blog. Há uma força nas mensagens que escreve que me encoraja para enfrentar para mais um dia com um sorriso no rosto.
A Sofia sabe o quão especial e para mim, faço questão de lhe dizer, de lhe mostrar. Sinto-me grata por tê-la comigo. É uma verdadeira inspiração, com tudo o que diz e que faz. Tal como eu, tem na família o maior suporte que se pode ter, o amor maior. 
Ensinou-me a olhar a vida com outros olhos, a encarar as dificuldades com esperança, ajudou-me a acreditar na vida e na certeza de que mereço ser feliz. Ensinou-me a ser mais grata pelas pequenas coisas.
É com orgulho que tenho acompanhado o seu percurso e fiquei muito feliz com mais este protejo tão bonito. A semana passada a Sofia apresentou o seu livro e eu, infelizmente, não consegui estar presente. 
Já o li, já reli partes que fiz questão de sublinhar e que pretendo guardar no coração, frases que gosto de lembrar ao longo dos meus dias e que funcionam quase como um guia.
Se há sugestão boa de presente de Natal, seja para a vossa mãe, irmã, melhor amiga e até (eu diria principalmente!) para vocês mesmas é este delicioso livro. Não o deixem de comprar, tenho a certeza que irão adorar.





A Sofia tem o dom de tocar o coração das pessoas com as palavras, de dizer a coisa certa no momento certo. O nosso último abraço foi dado num momento menos bom da minha vida e, foi nesse abraço, que ela me pediu para não deixar de acreditar e para nunca desistir de ser feliz. 




Minha Sofia, continuo a lutar todos os dias e, tal como tu mesma dizes: “muitas vezes o final feliz é (só) seguir em frente”. O resto dir-te-ei no nosso próximo abraço. 
Obrigada pela tua amizade tão especial e tão sincera.
Um beijo com carinho, 
Mia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3