6.11.15

Amanhã será melhor


Existem alturas na nossa vida em que questionamos quase tudo, muitas vezes até a nossa própria existência. Ultimamente tenho partilhado alguns estados de alma menos felizes. Desculpem, mas não acho fraqueza alguma assumir que estamos menos bem. Perante os dias e momentos menos bons, nem sempre é fácil acreditar que vai tudo correr bem, como nos dizem sempre aqueles que gostam de nós. Muitas vezes dou por mim à procura de uma força, de uma motivação que tem sido difícil encontrar. Não sou nem nunca fui uma pessoa pessimista, negativista. Acredito que a vida tem muita coisa boa e que só faz sentido se for partilhada com aqueles que amamos. Acredito que se formos bons na nossa caminhada, mais cedo ou mais tarde, a vida encarrega-se de nos retribuir, mas sei também que existem momentos em que essa luz parece não brilhar. 
Tem sido mais ou menos isso que tenho sentido ultimamente. Acordar e querer sentir-me diferente mas não ser capaz. Dizer, todos os dias, que amanhã irei comer melhor, irei voltar ao ginásio, irei sentir-me mais feliz e perceber que mais um dia passou e nenhuma dessas realidades aconteceu.
Não podemos desistir, principalmente de nós. E ainda eu dizia no outro dia, e com muita verdade, que sinto saudades minhas. Das minhas gargalhadas, dos meus olhos cheios de sonhos, e vida.

Desabafos à parte ... ( e obrigada a quem não desistiu de ler este post após a 3 linha!!), em boa hora me chegou às mãos este livro da Vera Luz. Confesso que nunca tinha lido nada do género, ainda estou longe de terminar mas estou a gostar muito. Acordar o teu poder interior é uma espécie de manual que nos ajuda a dar início à transformação essencial para sermos livres e felizes. 


Outra consequência deste malvado estado de espírito é o dormir mal ... pouco e tarde! Finalmente encontrei ajuda para este problema! Já tinha ouvido falar do Dioptifatigue da Lierac e estava com muita vontade de começar a usar! Trata-se de um gel corrector anti-fadiga para o contorno dos olhos. É fantástico meninas! Mesmo! Composto com duplo ácido hialurónico, extractos de ruscus, vitamina C e cafeína pura, promete ( e cumpre!!) suavizar, dinamizar e iluminar o contorno de olhos.
Graças a Deus não me posso queixar de olheiras, mas para quem tem este creme consegue corrigir e atenuar as olheiras bem como as zonas escuras. 
Aplico de manhã e à noite, com ligeiros toques. Começo pelo ângulo interno do olho, seguindo o trajecto da olheira por várias vezes. Depois, com o dedo anelar, faço ligeiros batimentos para favorecer a circulação, facilitando assim a penetração do produto.


 Um beijo e que o vosso fim de semana seja feliz, 
Mia 



7 comentários:

  1. Mia, não tenho por hábito comentar o seu blog, mas hoje sinto que o devo fazer. De há cerca de 3 anos para cá, a minha vida tem sido basicamente isso. Lutar para me voltar a sentir "eu". Procurar o sentido da vida e acima de tudo reencontrar o meu sorriso. Todos os dias tento não desistir e continuar a lutar pelos meus sonhos e por tentar dar a volta a esta vida que tem sido durinha... Acredito cada vez mais que a força está dentro de nós. E é em nós que temos que acreditar e arranjar forças.
    Mia, um beijinho grande... A vida dá muitas voltas e amanhã é outro dia! :)

    ResponderExcluir
  2. Talvez a Mia rebole os olhos quando ler isto mas o vazio que sente, a tristeza um pouco inexplicável é a falta de Deus na sua vida! Ele ocupa um espaço que mais ninguém pode ocupar! Por mais que tenhamos um marido, uma família e amigos que nos amem muito só Deus nos pode compreender! Experimente falar com Ele, desabafar os seus anseios, medos e sonhos! Pedir forças, inspiração e alegria de viver e verá que dá resultado! Sairá um peso de cima!

    ResponderExcluir
  3. Compreendo-a perfeitamente e concordo que não é fraqueza nenhuma admitir que não estamos bem. Eu também tenho-me sentido assim, por isso obrigada pela sugestão de leitura e deixo-lhe eu uma faça Reiki e medite. E conselho de uma amiga minha que tenho seguido acordar com Obrigada. Dar graças para afastar as nuvens que não deixam passar a luz. Beijinho, bem haja.

    ResponderExcluir
  4. Ohhh Mia como eu a percebo...tive a maior desilusão da minha vida há 7 meses,tive meses a tomar comprimidos para dormir porque sem eles não conseguia descansar,larguei o ginásio e ainda hoje estou à espera de recomeçar e não encontro forças. É isso que eu não tenho,força! Muita coisa deixou de fazer sentido para mim,a minha vida levou uma volta de 180 graus sem eu querer e sem estar à espera,pois tinha a vida com a qual tinha sonhado e era feliz. Mas aprendi e percebi que não temos o poder de comandar a nossa vida,temos sim que aceitar aquilo que nos vão pondo no caminho. Quantas vezes dou por mim a pensar,que mal fiz eu para merecer isto...um dia vai passando e outro e aquilo que as pessoas que gostam de nós dizem não acontece e cada vez e mais dificil mas pronto foi só um desabafo...vamos lá acreditar que a vida um dia vai ser justa e que tudo se irá resolver. Beijinho Mia e muita força!

    ResponderExcluir
  5. Força Mia. Desde Agosto que ando a passar por uma fase assim, cheia de altos e baixos. Mas nunca deixes de acreditar que vai tudo ficar bem, e de fazer por isso :) Beijinhos e força!

    ResponderExcluir
  6. Mia, obrigada pela partilha, mesmo! Apesar de não serem tempos fáceis, deste lado é bom saber que desse existem pessoas como nós e que nem tudo é perfeito. Claro que sabemos isso, mas vê-lo escrito desta maneira faz muito mais sentido. Muita força. Tudo passa, porque a vida está em constante mudança. O carinho daqueles que nos querem bem, move montanhas <3 Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Mia é a primeira vez que comento. Aos quarenta anos descobri que nas questões essenciais não somos nós que controlamos a vida mas sim o contrário. Até há pouco tempo tinha a vida perfeita, agora continuo a ter tudo para ser feliz mas não é o que sinto dentro de mim. Quis o destino pregar-me uma grande partida que me mudou por dentro... luto para superar o que tanto dói... Não voltarei a ser a mesma e tenho saudades de mim, mas também sei que ainda posso vir a ser a minha melhor versão e é por isso que luto todos os dias. Talvez se não tivesse sido posta à prova eu nunca tomasse consciência de que a vida é muito mais do que eu poderia imaginar há um tempo atrás. Acredito que nada acontece por acaso. Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3