8.4.15

Night

Não chega estar, é preciso ser. Não chega existir, é preciso viver. Não chega falar, é preciso conversar. Não chega olhar, é preciso ver. Não chega querer, é preciso fazer. Não chega o morno, é preciso queimar. Não chega ir andando, é preciso querer chegar. Não chega gostar, é preciso amar.
É preciso sentir, e que nos sintam. É preciso querer, e que nos queiram. É preciso sorrir, e que nos sorriam. É preciso precisar e que nos precisem.
Não chega. E é preciso.
Rita Leston

Um comentário:

  1. Gostei muito deste texto, simples mas diz tudo.
    Vou focar-me nisto: Não chega ir andando, é preciso querer chegar.
    Beijinhos

    Não chega ir andando, é preciso querer chegar

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3