13.7.14

Hoje é melhor do que para sempre


Eu sou daquelas que acha que a vida tem de ser vivida ao máximo.
Sempre fui de emoções à flor da pele, para o bem e para o mal.
Gosto de viver a vida com algum atrevimento. 

Quando este livro me chegou às mãos e após ler a primeira página, senti uma vontade imensa de o devorar até ao último paragrafo. 
Um livro escrito sem pudores, sem tabus, um livro que retrata uma história que qualquer um de nós podia viver ou que até já viveu.
A verdade é que há emoções, atitudes e gestos da Vivianne que podiam ser meus. E quem sabe se nós também já não tivemos um Max nas nossas vidas?

As palavras, nuas e cruas, fizeram com que me apressasse a ler folha após folha, sentindo uma série de coisas que são difíceis de explicar em palavras.
A forma como os encontros e desencontros destas duas personagens são descritos é impressionante, é tão real que chegamos a sentir muitas das emoções retratadas.


Num só dia lá cheguei ao desfecho.
E até isso me surpreendeu, talvez pela coragem de ter um fim que foge muito à regra das típicas histórias de amor. 

"Hoje é melhor do que para sempre"
S.D.Gold

No outro dia, numa tarde em que tive de tratar de algumas burocracias, daquelas que nos fazem desesperar, percebi que o livro ainda estava no meu carro e lá o voltei a ler de novo, como se da primeira vez se tratasse.
Porque aquilo que é bom é para ser repetido!
E espero sinceramente que a autora já se encontre a preparar mais uma maravilha destas!


Contem-me tudo, há por aqui mais alguém que já o tenha lido?

Um beijo,
Mia 

2 comentários:

  1. Por acaso ainda não li mas fiquei curiosa desde a primeira vez que partilhaste a capa deste livro. Acho que vai ser uma das próximas aquisições para a biblioteca aqui de casa :)

    ResponderExcluir
  2. 101% de acordo ! AMEI o final e não podia estar mais em sintonia ! e também o devorei num só dia :-)

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3