21.5.14

Night


Não há memória mais terrível do que a da pele. A cabeça pensa que esquece, o coração sente que passou, mas a pele arde, invulnerável ao tempo.
Inês Pedrosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3