14.1.12

Um Amigo Verdadeiro



"Não se pode ter muitos amigos. Mesmo que se queira, mesmo que se conheçam pessoas de quem apetece ser amiga, não se pode ter muitos amigos. Ou melhor: nunca se pode ser bom amigo de muitas pessoas. Ou melhor: amigo. A preocupação da alma e a ocupação do espaço, o tempo que se pode passar e a atenção que se pode dar — todas estas coisas são finitas e têm de ser partilhadas. Não chegam para mais de um, dois, três, quatro, cinco amigos. É preciso saber partilhar o que temos com eles e não se pode dividir uma coisa já de si pequena (nós) por muitas pessoas. 

Os amigos, como acontece com os amantes, também têm de ser escolhidos. Pode custar-nos não ter tempo nem vida para se ser amigo de alguém de quem se gosta, mas esse é um dos custos da amizade. O que é bom sai caro. A tendência automática é para ter um máximo de amigos ou mesmo ser amigo de toda a gente. Trata-se de uma espécie de promiscuidade, para não dizer a pior. Não se pode ser amigo de todas as pessoas de que se gosta. Às vezes, para se ser amigo de alguém, chega a ser preciso ser-se inimigo de quem se gosta. 

Em Portugal, a amizade leva-se a sério e pratica-se bem. É uma coisa à qual se dedica tempo, nervosismo, exaltação. A amizade é vista, e é verdade, como o único sentimento indispensável. No entanto, existe uma mentalidade Speedy González, toda «Hey gringo, my friend», que vê em cada ser humano um «amigo». Todos conhecemos o género — é o «gajo porreiro», que se «dá bem com toda a gente». E o «amigalhaço». E tem, naturalmente, dezenas de amigos e de amigas, centenas de amiguinhos, camaradas, compinchas, cúmplices, correligionários, colegas e outras coisas começadas por c. 
Os amigalhaços são mais detestáveis que os piores inimigos. Os nossos inimigos, ao menos, não nos traem. Odeiam-nos lealmente. Mas um amigalhaço, que é amigo de muitos pares de inimigos e passa o tempo a tentar conciliar posições e personalidades irreconciliáveis, é sempre um traidor. Para mais, pífio e arrependido. Para se ser um bom amigo, têm de herdar-se, de coração inteiro, os amigos e os inimigos da outra pessoa. E fácil estar sempre do lado de quem se julga ter razão. O que distingue um amigo verdadeiro é ser capaz de estar ao nosso lado quando nós não temos razão. O amigalhaço, em contrapartida, é o modelo mais mole e vira-casacas da moderação. Diz: «Eu sou muito amigo dele, mas tenho de reconhecer que ele é um sacana.» Como se pode ser amigo de um sacana? Os amigos são, por definição, as melhores pessoas do mundo, as mais interessantes e as mais geniais. Os amigos não podem ser maus. A lealdade é a qualidade mais importante de uma amizade. E claro que é difícil ser inteiramente leal, mas tem de se ser".


Miguel Esteves Cardoso, in 'Os Meus Problemas'


* para os meus amigos. poucos mas bons. os melhores do mundo. os que estão todos os dias lá. mesmo em silêncio. os que me amam exactamente da forma como eu sou. com defeitos e qualidades. porque eu jamais seria o que sou hoje sem vocês. love u all <3

12 comentários:

  1. Ameiiii, tão verdadeiro e profundo este texto, a amizade tal como o amor precisa mesmo de ser cuidada, quantas pessoas passam na nossa vida e dps por descuido nosso ou delas a amizade vai passando, deixa de haver cumplicidade e aquele que antes era amigo passa ser um estranho, deixamos de saber dele...eu sempre fui daquelas que tive pouco mas bons, nunca fui a social que molda a todo o tipo de gente, tenho os meus valores, as minhas empatias e isso é que irá definir os meus verdadeiros amigos.

    XoXo Fashion Hunter
    http://miwardrobeistuwardrobe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Desconhecia este texto Mia mas posso dizer que resume todos os meus pensamentos de há (pelo menos) uns 5 anos para cá. Tive mais desilusões das supostas amizades que os meus dedos das mãos (apesar de não terem muitos anos de existência). Amigos que se tornaram inimigos, e amigos que se tornaram amigos dos recém inimigos, amigos que não gostavam dos inimigos mas que de repente inventaram 'pontos' em histórias e conversas e formaram novos contos, arranjaram pontos em comum e agora são todos uma espécie de big family. Uma família lealmente desleal. Lamentei muito, até que 'alguém' me disse "tens os teus pais, a mim e mais 2 amigos. Precisas de mais para quê? Defendemos-te com unhas e dentes, estamos sempre ao teu lado. Não precisas de mais ninguém" E não é mesmo verdade? Não precisamos de meio mundo que finge ser-nos algo, precisamos sim de 3 ou 4 leais que nos defendem desse meio mundo mesmo que não tenhamos razão e depois nos sabem 'dar na cabeça' e chamar-nos à razão. Os vira-casacas ou, como lhes chamo 'cães que não conhecem o dono', nem na minha mesa de café os quero, um bom livro cumpre melhor o papel de bom acompanhante do que eles.

    um beijinho

    ResponderExcluir
  3. De facto, o MEC sempre soube escrever como poucos... Parece que adivinha tudo o que nos vai na alma e não sabemos descrever... Pelo menos de forma tão acertada, emotiva e simples...

    p.s. é este o "mood" Mia! Sempre! :)

    ResponderExcluir
  4. O texto esta fantastico!! Não conhecia e fiquei fascinada =D
    It is so true**

    http://girls-stuff-11.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. O texto está fantástico, adorei-o mesmo e toca num assunto mt especial que é a AMIZADE.
    Para mim a amizade é um BEM PRECIOSO, como tal tem de ser especial e valioso, neste caso valiosa e, ter características únicas. No meu caso tenho uma amiga e um amigo que são os MELHORES...porque são especiais!

    Bj
    fica bem

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia este texto, está fantástico, aliás como todos os outros do mesmo autor.

    ResponderExcluir
  7. Assim que comecei a ler, reconheci logo pois é um texto com que me identifico.
    Gostava de acrescentar que amigo é também suportar os defeitos, o mau feitio, o mau humor, o sentido de humor, partilhar os bons momentos, estar lá nos maus momentos, o olhar cúmplice, os risos e sorrisos. E nisso AMIGA, és gigante.

    PL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada PL, que a vida nunca nos afaste.beijoo

      Excluir
  8. Como eu gosto das palavras-dele. <3 True friendship!

    um bj querida*

    ResponderExcluir

Obrigada pela vossa visita,
Baci
<3