14.12.18

HOW TO WEAR A SEQUIN SKIRT


É sexta-feira. De novo. Mais uma semana a terminar. Está a ser uma semana muito intensa, muito trabalho, muitos desafios que estou a tentar superar da melhor forma possível. Sinto que esta semana aprendi imenso, aceitar novos desafios é isso mesmo, chega a ser estimulante e ajuda-nos a sentirmo-nos mais úteis e que bom que isso é. Tenho-me deitado muito cansada mas acordo feliz, cheia de vontade de abraçar um dia novo e de me dedicar a coisas que me têm feito mais feliz.

O look que vos trago hoje é aquele look que eu facilmente conseguiria usar todos os dias, porque eu amo lantejoulas, aliás se for pensar bem, só nesta semana que termina hoje, usei quatro vezes! ahahaha costumo dizer que se fosse possível eu até de lantejoulas dormia! 
Para quem acha que esta peça só pode ser usada em ocasiões especiais ou de festa aqui fica o exemplo de que não, coloquem uma tee gira ou uma malha daquelas bem fofinhas, uns ténis ou umas botas giras e está feito! Arrisquem! Vale tanto a pena! 

Confesso que gostei muito do resultado final deste look, estou completamente apaixonada por esta tshirt do Bambi, é só a coisa mais fofa dos últimos tempos, não acham?












LOOK: Zara | Carteira: LV | Ténis: Vans

Venha de lá esse fim de semana e que nos traga sol e muitos sorrisos!
Sejam felizes! 

Com amor, 
Mia










11.12.18

A nova carta do Quiosque Ribadouro


Este post vem com alguns meses de atraso, nada mudou até agora a não ser o bronze que eu tinha nesta altura! E à medida que o ia preparando com as imagens e com a escolha das palavras a verdade é que fiquei cheia de vontade de voltar ao Quiosque Ribadouro e de preferência na companhia da minha amiga Magda.

Num almoço daqueles em que esquecemos as horas e onde só queremos é aproveitar tudo o que temos direito e colocar a conversa em dia, estivemos a conhecer a nova carta do Quiosque Ribadouro, localizado na Avenida da Liberdade e que pertence à marisqueira Ribadouro. Saladas novas inspiradas no mar e confeccionadas com o melhor  marisco. 
São cinco novos pratos confeccionados com os melhores e mais frescos ingredientes, temos assim a salada de Bacalhau com puré de feijão branco que é simplesmente maravilhosa (repeti duas ou três vezes!), lascas de bacalhau envolvidas em azeite e ervas da horta, aromatizado, com tapenade de azeitonas sobre puré de feijão branco; Macarronete de camarão e amêijoa, uma salada de macarronete de camarão e amêijoas, envoltos de pickles caseiros de rabanete e cenoura, temperada com vinagrete de laranja e mostarda. Outra novidade é a salada de camarão, uma salada fresca de camarão com abacate, amêndoas torradas e pickles caseiros de beterraba, envolvida em vinagrete de mel e coentros. Existe também disponível o Torricato de sapateira, uma fatia de pão tostado com sapateira desfiada e pickles caseiros de beterraba, cenoura, pepino e rabanete que pode ser servido com salada ou chips e para finalizar o Prego de Atum, que também provámos e gostámos bastante, servido em bolo do caco.
Fomos acompanhado a nossa refeição, sempre super bem dispostas, com uma maravilhosa sangria de espumante com frutos vermelhos. 

Outra novidade da carta, e que também vou querer experimentar, é o menu perqueno-almoço, que apresenta várias opções saudáveis. Está disponível todas as manhãs, até às 11h, e poderá ser para uma ou duas pessoas. 

 












Quiosque Ribadouro funciona todos os dias, das 9h às 1:30.
Foi mais uma daquelas experiências que recomendo!

Com amor, 
Mia 

10.12.18

A NOSSA ÁRVORE DE NATAL



Confesso que esta altura do ano é sempre um misto de sentimentos complicados para mim. Por um lado quero muito celebrar esta época de amor e família, ouvir todos os clássicos de Natal, escolher um presente para os meus, estar à mesa sem o tempo correr. Por outro, tudo me parece estranho e vazio. Há memórias que me continuam a deixar triste e há um paz que ainda não consegui alcançar. Sou de afectos, de carinho, de toque, de abraços. para mim o Natal são todos os clichês do mundo, são o colo da minha Mãe e o abraço tão querido do meu Pai (que tanta falta me faz), é a alegria dos meus sobrinhos ao receberem algo que tanto pediram ao menino Jesus, é abraçar as minhas irmãs! Natal é família e que isso, por mais que nos vão faltando os que amamos, nunca deixe de ser celebrado. 
Esta é a nossa árvore deste ano, pouco ou nada mudou relativamente ao ano passado, mas talvez porque tudo nesta morada esteja um pouco mais encaminhado sinto-a como especial. Escrevo-vos em tempo real e estou iluminada com estas luzes que a deixam ainda mais bonita. Que bom é chegar a casa e poder admirar a minha sala exactamente do jeito que está. Que paz incrível esta casa me consegue transmitir e que bom que isso é!







 Uma noite feliz a todos.

Com amor,
Mia